O efeito boomerang da Copa para o Brasil

boomerang-copa

Recentemente a presidente Dilma em um discurso inflamado ovacionou as vantagens da Copa do Mundo no Brasil. Sob o aspecto de investimentos, que ficará um legado da infra-estrutura para o país, e a divulgação a bilhões de pessoas por todo o mundo sobre a alegria do povo brasileiro e as belezas naturais do país.

Quanto aos investimentos, poderiam ser feitos independentes dos gastos absurdos e superfaturados pois muitos desses não passaram por um processo licitatório. Estádios bilionários, que serão pouco utilizados.

A renda do brasileiro não permite a freqüência com pagamento de ingressos em estádios de futebol. Tanto isso é verdadeiro, que 90% dos atletas que compõem a seleção brasileira, jogam no exterior, devido a falta de base financeira no futebol do país.

Quanto a imagem do Brasil, o que está e será divulgado mundo a fora é o descontentamento da população brasileira em relação as prioridades do país, uma vez que a saúde, a educação e a segurança estão em estado de calamidade pública. Além da deterioração vertiginosa da sociedade brasileira.

O brasileiro em geral não é contra a Copa da Mundo, e sim contra priorizar investimentos que deveriam ser feitos em setores muito mais importantes para a sociedade, em estádios.

Tudo indica que o que será transmitido para o mundo sobre o Brasil serão os aspectos negativos da nossa sociedade.